PENSANDO

PENSANDO

domingo, 7 de julho de 2013

É MAIS FORTE QUE ELE.

No ótimo filme do Pimentinha, numa cena ele fica aos cuidados do senhor Wilson, justamente quanto esse recebe uma comunidade de amigos apreciadores de uma flor gigante que leva décadas para desabrochar. O anfitrião prepara uma mesa de comes e bebes e a platéia, máquinas fotográficas em punho, espera calada para ver o espetáculo único.
Dennis - O pimentinha, fica sob ordens, sentado em uma cadeira ao lado da entrada da garagem, todo arrumadinho e inquieto. Enquanto todos ficam de olhos fixos no botão da flor prestes a abrir, ele descobre um botão na parede que aciona alguma coisa, na verdade aciona a porta da garagem, ele sabe disso, ele sabe que se a porta da garagem for acionada ela atingira a mesa de comidas e que isso será um desastre. Ele fica olhando o botão e fica cada vez mais inquieto, ele se mexe, se mexe e não suportando mais, é algo que vem de dentro dele e que é muito mais forte que ele, levanta vai lá e aciona o botão. Imediatamente a porta da garagem começa a se abrir e atinge a mesa e a derruba, todos tem sua atenção, então, voltada para o pequeno acidente, mas nesse momento preciso a flor se abre e o Sr.Wilson, ao tentar socorrer a mesa, perde o espetáculo aguardado por décadas e só consegue ao final ver os restos muxos da flor.
Segue o filme com outras atrocidades cometidas pelo Pimentinha, mas essa cena me voltou à cabeça por mostrar que existem coisas que em algumas pessoas são incontroláveis, são mais fortes que elas e elas padecem e fazem outros padecer por isso.
O nosso presidente do senado é o nosso pimentinha, o mundo esta pegando fogo do lado de fora, mas ele pega um avião que ele diz e pensa que tem direito de usar como quiser e vai assistir a um casamento na Bahia, depois diz na cara dura que não vai reembolsar coisa alguma... ou seja: é mais forte que ele, ele sabe que vai ser fritado também por isso, mas não resiste, a coisa esta lá ao alcance da mão, ele pode pegar, ele não se aguenta e faz... também o Quinzão Barbosa usou uma cotinha de passagem para ir ver um joguinho de futebol no camarote do patrão do filho dele, que por sua vez é um apresentador de tv que tem um programa chamado Caldeirão do Hulk, cujo pai é advogado e tem ação em curso no supremo que num determinado momento estava sendo apreciada pelo Quinzão... este sabe disso tudo, sabe que não deveria aceitar o convite do camarote, sabe que o emprego do filho na Globo vai render, sabe que o dono do camarote tem um pai que dependeu num determinado momento de uma decisão sua, mas é mais forte que ele e ele também não vê que vai ser fritado... é mais forte que eles.
Quando botaram na rua alguns dos culpados evidentes, mas ainda não condenados, pela tragédia da boate Kiss, o argumento é de que eles neste momento não representam risco para o curso do processo. Logo, por conseguinte o presidente do senado então deveria ser encaminhado a prisão perpétua imediatamente, porque ele solto não se segura, é mais forte que ele a vontade de fazer bandalheiras com o dinheiro de todos, nesse caso ele é um risco presente, permanente e até quanto posso supor incurável. Risco até para ele mesmo, porque ninguém sabe o que pode vir a acontecer se um bando de vândalos topa com ele na rua. Por essas e por outras a cela de uma prisão perpétua é neste momento e perpetuamente o melhor lugar para quem não se controla

Um comentário:

Paulo Vilela disse...

Já escrevi isso em algum lugar... Muito bom, deve ser também o caso do assassino em série, do estuprador, do consumidor compulsório, do que não resiste a um pudim na geladeira, rss..