PENSANDO

PENSANDO

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

UM PASSEIO PATTETICO PELAS ARTES.

UM PASSEI PATTÉTICO PELAS ARTES, assim se chama meu novo blog sobre o mundo das artes e seus interiores incompreencíveis para mim. Por isso vou compartilhar com todos que gostam de arte e também não conseguem entender muito daquilo que foi feito pra não ser entendido, um passei patético, deslumbrado e com comentários diretos e nada acadêmicos sobre este vasto universo que é parte indispensável da vida humana.
O ser humano não vive sem arte, das mais diversas formas, e quanto mais civilizado ele se torna, mais incompreensível é sua arte.
Mas é inegável a emoção que sentimos diante de certas criações e diante do nível de elaboração de alguns trabalhos ou conjunto deles.
Recentemente tive a oportunidade de ver ( Na pinacoteca do Estado de São Paulo )uma série de trabalhos de Juan Gris, autor da obra acima de 1914, e é impressionate o resultado de seu trabalho visto pessoalmente. A internet pode mostrar as obras, mas a textura, a cor exata, a pincelada e os detalhes nunca poderão ser vistos numa tela de computador ( Ops, eu não apostaria nisso que acabei de escrever! ), mas a felicidade que tive de ver uma bela sequência de obras de Gris me deixou muito inspirado a pintar, e pintar sempre e cada vez de forma mais atrevida.
Em meu novo blog abordo de tudo e abordarei sempre com textos curtos e muitas obras e links para vocês verem mais variáveis de um mesmo estilo, autor ou coleção.
Não esperem aprender nada sobre arte comigo, apenas esperem ficar patetas iguais a mim.
Link http://passeiopattetico.blogspot.com/ e na coluna ao lado esquerdo onde aparecem as resenhas dos blogs que recomendo.

3 comentários:

Mary Joe disse...

Claaaaaaaaaaro que vou lá. Adoro arte, mas não entendo patavina.
E Vitorio, cá entre nós, naõ tem jeito de não aprender contigo.
Beijokas
Mary

Arquimedes Pessoni disse...

Puxa, será que agora vou entender o porquê considerarem um ponto preto numa tela branca uma obra de arte? Viva Vitório Langdon e seu Código da Vinci!

Francisco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.