PENSANDO

PENSANDO

sábado, 1 de agosto de 2009

AMIZADE ADULTA E SEM ARESTAS.

Li parte disso que vou escrever e completei o pensamento com minhas percepções, misturando tudo na forma como acho que a coisa deva ser entendida.
Que a amizade adulta e amadurecida não tem arestas, ela se forma pela afinidade, e essa afinidade é uma zona de conforto onde nos abrigamos.
Que a amizade não significa exatamente amor pela outra pessoa, mas pode ser muito superior a muitas formas de amor.
Que dentro de uma amizade se forma um clima de indiscrição e confiança onde confidências intimas são trocadas, há uma liberdade de contactos e assuntos sobre sexo mas isso necessariamente não leva à pratica de sexo entre as partes.
Que de uma amizade pode surgir um amor, uma paixão, um namoro, uma caso ou um casamento, é possível, é viável e é natural que ocorra já que o ambiente é bastante favorável.
Que havendo sexo a amizade não será arruinada, como sempre é dito.
Que é plenamente possível ser amigo sem nunca amar.
Que é possível gostar dos assuntos e das mesmas preferências mas não ver na pessoal a pessoa ideal, mas sim a mais transitável para certas atividades.
Enfim, que amizade e amor são coisas muito amplas e difíceis de definir.

5 comentários:

Mary Joe disse...

Vitorio, atualmente, penso que não há coisa mais difícil de definir do que os essas relações afetivas... um se mescla no outro, em uma simbiose que naõ permite definições estanques. Amor e amizade se misturam de tal forma e com tal intensidade, que as vezes me parece difícil dizer onde termina um e onde começa o outro.
Mas achei seu texto muito legal, e dá diretrizes bem profundas sobre como vai isso.

Ah! E gostei da múltipla escolha também,rs

Anônimo disse...

Eu, simplesmente, adorei este texto.

Abs

Andréa

Vitorio disse...

MaRy JoE
A multipla escolha tem mais 3 opções que sumiram. Tb achei muito engraçado poder definir com uma unica palavra um texto inteiro escrito com sangue, suor, lágrimas e falta de vergona na cara.
No sério, acho que vou ampliar esse texto nas próximas postagens mostrando as confusões potenciais geradas por justamente não entender tais limites.
Vc percebe coisas entre as linhas, de quê planeta vc veio?
Bjs.

Vitorio disse...

Andréa.
Eu também adorei ter escrito, eu sempre estou carente de definir amizade e amor.
Estava eu procurando uma foto de uma perna bonita de mulher numas dessas revistas tipo Claudia, Nova e tal... para um trabalho que estou desenvolvendo para um cliente. Nisso vi um texto sobre amizade e li, tive a ideia de mostrar a amizade e o amor e a dificuldade em perceber o limite entre ambos, a questão de que algumas amizades são maiores do que muitos amores que jamais se consegue ter na vida e assim por diante. Deu nesse texto que nós adoramos. Fiz questão de dizer que a ideia não era inteiramente minha.
Abç.

Mary Joe disse...

Bom, tenho certeza absoluta que não sou da terra... devo ser ET, rsrsrs

ET phone home