PENSANDO

PENSANDO

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

FOTOS ANTIGAS DA FAMÍLIA

-Quem é esse orelhudo nesta foto?
-Deixa eu pegar meu óculos... ah, esse eu sei quem é... é o... não é o filho dá... depois eu lembro.
-Olha essa aqui, como eu estava magra.
-Essa magra não é você, sou eu.
-Imagina, sou eu, essa saia era minha, ou então você estava usando minha saia.
-Sou eu com a roupa que comprei pro casamento da prima Isabel.
-Mas nós não temos nenhuma prima Isabel.
-Claro que temos uma prima Isabel, a filha da Maria.
-Mas a filha da Maria não é solteirona?
-Não, solteirona é a amiga dela que namorou com o Paulo.
-Onde é essa foto?
-Não é na casa do tio lá no Riacho Grande?
-Não, não, lembrei é o sitio de Ribeirão Pires.
-Olha a nona como tá bonita nessa foto.
-Nossa como ela era bonita ?
-Olha essa foto, eu nem lembrava mais dela, e olha que eu tenho uma memória e tanto.
-Quem é?
-É o Lusinho com o uniforme do Palmeiras...
-Mas já tinha foto colorida naquela época?
-Acho que as crianças pintaram com lápis de cor.
-Olha a Chuin, que lindinha. Quem diria que ela iria virar veterinária...
-Mas ela não é nutricionista, ou fisioterapeuta?
-Não ela trabalha de não sei o quê num navio, acho que na China...
-Não é na China é na Africa.

5 comentários:

Mary Joe disse...

Puxa, será que chegarei na idade de falar isso tudo?

Arquimedes Pessoni disse...

Estamos ficando velhos quando referenciamos a iade dos outros por eventos... tipo: "O Vitorio tem quantos anos?"..."Parece que nasceu quando a segunda guerra acabou"..."Não, esse foi o primo dele. Ele nasceu quando o Tio Toni quebrou o pé, lembra?"... muito legal. Lembramos de coisasdo funco do baú, mas esquecemos o que almoçamos ontem...

familia&fotos&memorias disse...

MaRy JoE
Somos saudosos desde sempre.
Vejo crianças falando, lembra quando fomos no Palycenter, como se isso tivesse acontecido a dezenas de anos, e foi muitas vezes no ano passado.
Somos presos, grudados, fixados, super-bonderados na memória afetiva. Vitorio pelo Meneblog
Abçs.

familia&fotos&memorias disse...

Arqui
Lembro na nona Emma chamando o Rocco de Tocco. Com aquela voz gracinha que ela tinha e com aquele sotaque italianissimo de quem nem sabia onde ficava a Itália.
Vitorio pelo Meneblog.
Abçs.

Mary Joe disse...

Bom, isso é fato... naõ posso contestar. Ontem minha filha perguntou quantos anos tinha um predio aqui, porque desde sempre ele esteve lá.
Eu disse a ela que é recente, tem 10anos... detalhe: ela tem 9, rsrsrs