PENSANDO

PENSANDO

quarta-feira, 4 de março de 2009

SENTA AÍ E ME EXPLICA...

...que coisa é essa de que deus tem um propósito. Ontem assisti um de seus propósitos sendo realizado e como não entendi nada gostaria que algum comentarista tivesse a lucidez de me explicar. Foi de arrazar ver um bebê de 5 meses, até então saudavel, ser levado num minusculo caixão e ser enterrado numa cova razinha e muito pequenininha, nº 3397. O pai, já firme e conformado cobriu o caixão com terra, depois um outro colega meu completou até o nivel do chão e o que sobrou o coveiro amontou dando porradas com a lateral da pá para quebra os torrões maiores. Sobre essa obra sem nexo mas totalmente digerida por todos, uma coroa dizia: B... você iluminou nossas vidas. E sei que isso é verdade porque convivo com os pais diariamente e sei da alegria que foi ter recebido essa filha, perdida depois de só 5 meses.
Ontem a noite pensei em que estaria pensando a mãe dela naquele momento, começou a chover fraco, a chuva molhando a terra, chegando a ela aos pouquinhos, será que vai ficar molhada, vai sentir frio? Sua roupas estão todas aqui na gaveta e eu não posso ir lá protegê-la da chuva. Não posso mais brincar com ela. Durou tão pouco o meu sonho.
Sandra e Preto, lamento não conseguir entender o que aconteceu.
Lamento não entender essa coisa de propósito divino.
Lamento que não exista uma palavra sequer que possa alivia-los no mundo em que vivo.

Um comentário:

Creuza disse...

Não há explicação que possa amenizar a dor de uma perda e pensamos como este Deus,nosso Pai ,pode permitir que seus filhos passem por este sofrimento...temos que acreditar que a morte não é o fim e sim o começo de uma nova vida e que temos o nosso tempo com nossa família,amigos,seja este tempo 5 dias,5 meses,5anos,50 anos...tempo suficiente para cumprir o que nos foi determinado...tempo suficiente prá deixar nossa marca na terra...uns deixam mts outros vagas lembranças , seja qual for o tempo que foi determinado com certeza deixa muitas saudades e uma sensação de grande impotencia diante da Morte que é a Única certeza que temos e que nos coloca em igualdade com todos os seres humanos,independente de raça,credo,posição social.Acreditar em Deus,fica mais fácil de suportar a perda,acreditar que aquele que tanto amamos esta protegido em um plano superior acalenta nossa alma e nos faz sonhar com o dia do reencontro...então...temos que crer...temos que ter Deus em noso coração.