PENSANDO

PENSANDO

quarta-feira, 17 de junho de 2009

FALEM PARA A NOIVA....

Contem para ela que ela esta diante de um abismo. Que cairá nele, e quando de lá sair, já não será mais a mesma pessoa.
Dois casamentos este mês em minha família. Duas lua de mel no México.
Mas o que me toca é a empolgação, a forma tradicional com que um dos casamentos esta se realizando e o quanto ele esta envolvendo as pessoas a ele ligadas.
Já sonhamos assim, já batalhamos assim, corremos atrás de tantos detalhes que depois se mostraram desimportantes. Poucas lembranças dos detalhes ficam. Eles se evaporam por só terem sido relevantes em nossa imaginação, ninguém notou a maioria deles.
Mas a vida se transforma no principio para melhor, depois para mais-ou-menos e depois para igual ao que sempre foi, com alguns acréscimos importantes como a casa própria e os filhos.
Mas aquele sonho maravilhoso nunca se realiza. Ele é fruto de um estado momentâneo de loucura que nos ataca a todos, nos leva a fazer coisas e depois nos abandona sem que possamos perceber o que aconteceu com a gente. Um mal necessário.
Mas há o abismo, ele se cria em relação ao nosso passado, à nossa juventude, à nossa falta de liberdade que achávamos iríamos conseguir casando, vejam só.
Há uma pequena confusão aqui. Confunde-se sair da casa dos pais com conquistar a liberdade.
E mais, você acha que vai ter uma pessoa só sua, não vai mais temer ser abandonado pela namorada, ou ter que ficar sempre paquerando para ter alguém ao seu lado.
Mergulhar nesse assunto geraria paginas e mais paginas e blog não é prá isso.
Avisem portanto a noiva que ela esta sob efeito de uma ilusão que vai transformar sua vida.
A ilusão vai te abandonar assim que notar que você já foi mudado.

3 comentários:

Mary Joe disse...

E posso continuar seu texto?

E perceber que se tornou uma pessoa melhor... ainda que a ilusão não dê certo, você aprendeu com ela, e isso ninguém nem nada vão tirar de vc.

Creuza disse...

pode ter mudado a frase do até que a morte os separem para até que o divorcio os separem mais a busca pela felicidade através de um parceiro ,de uma união estável continua vencendo a passagem dos tempos...tds sonham em formar uma família,tds sonham que durará para sempre e na vida não há nada melhor do que sonhar,não há nada melhor do que ser feliz e como disse nosso poeta que seja infinito enquanto dure...

vitorio disse...

A visão masculina de matrimônio é mais sêca que a feminina.
A ilusão é a mesma no que diz respeito a construir junto com alguém. Na verdade o homem procura uma segunda mãe para cuidar dele e faze-lo capaz de construir uma história adulta.
O homem tem objetivos materiais e sexuais bem definidos e essa ilusão de que estes objetivos vão se materializar plenamente equivale à ilusão feminina de amor eterno, maternidade como sendo uma coisa plenamente doce.
Abçs.